Caminhoneiros prometem greve “a qualquer momento” contra novo aumento do diesel

Caminhoneiros de empresas de transporte de combustíveis ameaçam greve contra novo aumento do diesel (Reprodução)

Revista Fórum – Poucas horas após a Petrobras anunciar novo aumento, de 9%, no preço do diesel, Irani Gomes, presidente do Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustível e Derivados do Petróleo de Minas Gerais (Sinditanque-MG), anunciou que a categoria deve deflagrar greve “a qualquer momento” contra o reajuste.

O último aumento do combustíveis, que impacta diretamente no consumo das famílias, foi de 3,7% no dia 6 de julho, a menos de três meses portanto.

Em vídeo difundido nas redes sociais nesta terça-feira (28), Gomes afirma que “nenhuma categoria de transporte consegue pagar as dívidas” e que “não tem condições de trabalhar do jeito que está”.

“Nós estamos pedindo para o governo, seja o federal, estadual, a Petrobras, que venha reduzir o preço abusivo que está o óleo diesel. Nós não conseguimos mais trabalhar. A corda está esticando. Estamos vendo a hora que o Brasil vai parar novamente, como aconteceu em 2018”, declara o dirigente sindical.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *