Carlos Brandão participa das comemorações pelos 2 anos de criação do Centro de Iniciação ao Trabalho

Nesta segunda-feira (6), o Centro de Iniciação ao Trabalho (CIT), localizado na Praça Negro Cosme, na Liberdade, celebra dois anos de criação. Para comemorar a data, o Governo do Maranhão preparou o Feirão do Trabalhador Edição Quilombo Urbano Liberdade, proporcionando um dia inteiro de serviços de cidadania para a comunidade, como cadastro para vagas de emprego, emissão gratuita de RG e CPF, além de serviços em parceria com o Detran e Jucema.

Vice-governador entregou carta de recomendação para o trabalho a 21 jovens da região. (Foto: Handson Chagas)

Coordenado por meio de parceria entre as secretarias de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres) e da Igualdade Racial (Seir), em dois anos de atividade, o CIT tem um saldo social positivo para comemorar: mais de 3 mil pessoas já foram beneficiadas com os serviços sociais do CIT. 

O vice-governador Carlo Brandão fez questão de acompanhar de perto as atividades em celebração aos dois anos do CIT. No local, além dos serviços disponibilizados, a comemoração foi marcada pelas apresentações do Tambor de Crioula da Floresta e Tambor de Crioula da Fé em Deus. 

“Hoje nós estamos comemorando dois anos do CIT, que é um centro de capacitação instalado no bairro da Liberdade. Ou seja, é o governo vindo até o bairro para capacitar as pessoas para que elas tenham oportunidades na vida. É acesso ao trabalho, dignidade e cidadania”, destacou Carlos Brandão, que na ocasião foi presenteado com um artesanato confeccionado pela comunidade e entregou carta de recomendação para o trabalho a 21 jovens da região.

Maior quilombo urbano do Brasil

O secretário de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, lembrou que o CIT está instalado em um dos bairros mais tradicionais de São Luís, já que a Liberdade, com mais de um século de história, é considerado o maior quilombo urbano do Brasil. 

“A comunidade do território quilombola da Liberdade, com mais de 100 anos de resistência, tem no CIT uma âncora para a iniciação ao trabalho, para fortalecer os seus laços culturais, para fortalecer a sua história de ancestralidade vinda da África. Completar dois anos desse equipamento público é de grande festa, porque a partir daqui nós temos o diagnóstico desses dois anos de trabalho e será aproveitado para que se possa implementar novas políticas públicas”, reforçou Gerson Pinheiro. 

A comemoração pelos dois anos do CIT foi marcada pelas apresentações do Tambor de Crioula da Floresta e Tambor de Crioula da Fé em Deus. (Foto: Handson Chagas)

Qualificação e cultura

O CIT é um equipamento público que foi idealizado pelo governador Flávio Dino e tem mudado a vida dos moradores da Liberdade ao promover qualificação profissional por meio da valorização da cultura local, como explica o secretário de Trabalho e Economia Solidária, Jowberth Alves. 

“Hoje é um dia muito importante. Nós conseguimos alcançar dois anos com o CIT, um equipamento público muito importante, projeto desenvolvido a partir do pensamento do nosso governador Flávio Dino, que tem uma sensibilidade muito grande com as culturas tradicionais, com os povos da periferia. O CIT está dentro da comunidade da Liberdade levando cursos, capacitação e estimulando a integração comunitária”, frisou Jowberth Alves

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *