FRACASSO: Evento do PDT em São Luís serviu para desanimar ainda mais os aliados de Weverton; apenas 18 prefeitos estiveram presentes

O ato político realizado na Ilha reuniu apenas 18 prefeitos dos 217 maranhenses, nenhum dos quatro que compõem a Ilha se fizeram presentes.

Sem lideranças expressivas, até vendedor de notas fiscais frias levantar os braços em sinal de apoio a Weverton.

Sem lideranças expressivas, até vendedor de notas fiscais frias apareceu para levantar os braços de Weverton.

Um evento organizado pelo PDT na noite desta terça-feira (13) mostrou o quanto a pré-candidatura do senador Weverton Rocha passa por um derretimento.

Realizado no Palazzo – casa de eventos localizada no bairro do Araçagy as margens da MA 203, o ato não concentrou a quantidade de líderes políticos esperada e deixou escancarada que sem o apoio do governador Flávio Dino o “foguete” pedetista não irá sequer decolar.

Esperava-se ao menos 30 prefeito, mas no evento apareceram apenas 18 gestores municipais. Deputados estaduais eram esperados pelos menos 10, só que apenas cinco estiveram lá. Dos 31 vereadores de São Luís avistou-se apenas quatro no local.

Chamou atenção a ausência de dois deputados federais considerados aliados de primeira hora de Weverton, mas essa história conto depois.

Sem líderes políticos, restou apenas secretários de prefeituras ligadas ao PDT, assessores e duas dúzias de curiosos para fazer volume.

O que não faltou por lá foram donas de empresas de fachada e fantasmas, os conhecidos vendedores de notas fiscais frias para prefeituras maranhenses. Na imagem acima, um famoso do “ramo” – das bandas de Cândido Mendes – aparece levantando as mãos do senador Weverton.

O evento foi tão fraco que dessa vez não saiu nem a lista dos presentes…

REDAÇÃO: DOMINGOS COSTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *