Ministério público deflagra operação na câmara municipal de raposa após denúncias contra o presidente Beka Rodrigues

Os vereadores decanos da Câmara Municipal de Raposa-MA, entregaram denúncia ao Ministério Público direcionados ao Promotor Reinaldo Campos contra o vereador Benoniel Beka Rodrigues (PCdoB), que hoje perdeu o apoio de mais 2 vereadores, pois todos estão estarrecidos com esses desmandos que vêm ocorrendo na câmara municipal. Daí então, a movimentação do MP para deflagrar essa operação contra o parlamentar.

Na justificativa ficou registrado que, em plena crise causada pela declaração de pandemia do Novo Corona Vírus, o mesmo teria gastado quase 200 mil reais (R$ 193.284,50), com a empresa L.C.CHAVES – ME (DLX SERVICOS DIVERSOS), na compra de itens como leite líquido, café, açúcar, biscoito cream craker, manteiga, botijão de gás, água mineral, refrigerantes, adoçante e coador de café, apenas em 2020, essa mesma empresa que também vendeu 10.000 panos de café no ano passado. No entanto, a empresa, com sede em São Luís, no Residencial Pinheiros, no bairro da Cohama, é registrada como oferecendo apenas serviços de instalação e manutenção elétrica.

Em um momento em que é preciso reduzir gastos, o presidente da Câmara de Raposa não poupou os cofres da prefeitura, ao contrário disso, usou em seu próprio benefício, causando um rombo de natureza gigantesca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *