Paço do Lumiar recebe selo Sisan por atuação frente a Segurança Alimentar no município

O município de Paço do Lumiar tem traçado novos caminhos rumo ao desenvolvimento e à assistência social. Na manhã desta terça-feira (30) representantes municipais participaram da primeira edição da premiação Selo do Sistema de Segurança Alimentar (Sisan) – “Mais Segurança Alimentar”, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes).
O objetivo da premiação é incentivar os municípios a avançarem no que diz respeito ao fortalecimento e organização da Política de Segurança Alimentar Nutricional.
Nesta edição 25 municípios receberam o reconhecimento pelo empenho em garantir segurança alimentar à população, dentre os municípios listados está a cidade de Paço do Lumiar que vem se destacando ao longo dos últimos meses por sua atuação frente às necessidades dos luminenses.

“Paço do Lumiar cumpriu todas as exigências que compõem a política de segurança alimentar e nutricional. Para nós é uma grande honra receber esse selo, isso demonstra competência, seriedade e incentivo para continuar trabalhando para tornar a política de segurança alimentar e nutricional de Paço do Lumiar mais forte ainda”, disse a Prefeita Paula Azevedo

“Todos esses passos foram dados com muita responsabilidade, com muita perseverança. Essa é só a primeira edição do selo e o município de Paço do Lumiar vai continuar em busca desse selo em todas as edições que tiver”, enfatizou a Secretária Adjunta de Desenvolvimento Social de Paço do Lumiar, Elizabete Diniz.
Para a Coordenadora de Segurança Alimentar e Nutricional de Paço do Lumiar, Rebecca Bonfim, essa premiação é fruto de muitas mãos.

Outros 69 municípios se inscreveram para concorrer a premiação, mas nem todos atingiram a pontuação necessária.

“Essa é uma premiação que não se resume apenas a atividades de uma secretaria específica, mas sim toda uma gestão. É o reconhecimento à sensibilização da gestão, às secretárias e técnicos envolvidos. Como coordenadora e nutricionista afirmo que é muito bom o município reconhecer uma política tão essencial como essa”, ressaltou a coordenadora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *