PM é preso suspeito de matar jovem com tiro no tórax em sua própria residência

Gilgleidson Pereira Melo era companheiro de Ana Carolina da Silva Carvalho; família suspeitava do policial.

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), deu cumprimento no mandado de prisão preventiva contra o PM Gilgleidson Pereira Melo, suspeito de matar sua companheira, Ana Carolina da Silva Carvalho, mais conhecida como Carol, de 18 anos,

Ana Carolina da Silva Carvalho
Ana Carolina da Silva Carvalho, mais conhecida como Carol, de 18 anos, foi morta com um tiro no tórax na madrugada da última segunda-feira (5). (Foto: Arquivo Pessoal)

O crime aconteceu em Coroatá, na madrugada da última segunda-feira (5), na rua Campo Agrícola, no bairro Mocó. Segundo a Polícia Civil, o corpo de Carol foi encontrado no interior do sítio que residia com Gilgleidson.

“No decorrer das investigações restou evidenciado que a mencionada vítima se relacionou com o indiciado por, aproximadamente, seis meses, e nesse período, foi vítima de violência doméstica”, informou a Polícia Civil.

A prisão do suspeito foi decretada pela 1ª Vara da Comarca de Coroatá. O caso continua sendo investigado pelo Departamento de Feminicídio.

Por: Da Redação, com informações da Polícia Civil 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *